Páginas

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Tatuagens de presidiários

“Quando eu me deito na cama, eu penso na vida e eu penso na morte – e nenhuma delas me agrada.”
Robert Gumpert American Prison Tattoos 2

O fotógrafo Klaus Pichler, em 2003, conheceu um morador de rua que possuía diversas tatuagens – desenhos de cadeia.

prison tattoos 12

Desde então, o austíaco passou a pesquisar sobre o tema e deu início a série: Inked for Life: the world of prison tattoos.

Pichler já conversou e fotografou mais de 150 ex-detentos e tal material foi organizado no livro homônimo. No livro há entrevistas com homens que estiveram presos entre 1950 e 1980, período que a simbologia da tatuagem de cadeia era mais forte do que hoje.

HONDURAS FIGHTING CRIME


Vejam algumas fotos dos entrevistados:

Prison Tattoos 10

Prison Tattoos 4

Prison Tattoos 9

Prison Tattoos 3

Jorge Peniche Photography 3Jorge Peniche Photography 5

Entre os criminosos, tatuagens pode ser usadas para mostrar a sociedade de gangues e registrar a histórias pessoal do utente - tais como as suas competências, especialidades, realizações e convicções. Elas também são usados ​​como meio de expressão pessoal.

A maioria das tatuagens feitas em presídios são obtidas por técnicas improvisadas.
Não tinha como impedir que os detentos se tatuassem; nem mesmo nos anos 70, quando tinta e agulhas eram proibidas. Eles faziam tudo sozinhos. A cor era feita a partir de pedaços de borracha da sola de sapatos, que eram queimados e cobertos com uma latinha para que a fuligem se fixasse no topo. misturavam a fuligem com pasta de dente ou xampu. A cor vermelha vinha da poeira de tijolos que raspavam. As agulhas eram geralmente clipes de metal, pedaços de arame ou cordas de guitarra.
Mexican gang member flashing his gang / prison tattoos
Alguns instrumentos também usados eram agulhas,clipes, corda de violão, grampos, pregos, entre outros.
A agulha é anexada a um pequeno motor, simulando o aparato profissional para tatuagem. Para dar cor aos traços, tinta de caneta, nanquim, plástico derretido, cinzas de cigarro misturadas a saliva. A cor da tatuagem, assim feita, usualmente é monocromática, azul ou preta, salvo casos de contrabando de tintas específicas para tatuagem.
Jorge Peniche Photography
O resultado da falta de antissepsia das técnicas resulta comumente em infecções graves, tanto bacterianas, quanto a disseminação de hepatite e aids entre os detentos, enquanto que a toxicidade das tintas inadequadas para implante hipodérmico também provoca quadros de intoxicação nos presos, especialmente naqueles que possuem o corpo extensamente tatuado.
Ambigrammatic Tattoo

Jorge Peniche Photography 8

Entretanto, na década de 70, tatuadores detentos criaram um novo estilo para tatuar, denominado "fineline", permitindo um resultado quase realista, o que foi adotado de forma mais ampla, inclusive em lojas de tatuagem, com subsequente popularização do estilo até os dias atuais.
Robert Gumpert American Prison Tattoos

Simbologia das tatuagens de detentos:
  • Representam grupos ideológicos, gangues, os quais estão inseridos, tornando a tatuagem um meio de forçá-los a não abandonar esses grupos e serem reconhecidos por outros, tanto por integrantes dos grupos, quanto por policiais.
  • Neil Mota Tattoo
  • Expressão de brutalidade, racismo e negação à autoridade.
  • prison tattoo picture
  • Photographer Nicole Reed
    • Codificação para comunicar com outros criminosos.
    • Submissão às leis impostas pelos prisioneiros.
    • Presentes por façanhas criminosas praticadas.
    As imagens delatam traços da personalidade do criminoso.

    Russian Criminal Tattoos 3

  • Thomas Jeppe 5
  • Thomas Jeppe 6
  • Souvenir resultante do encarceramento, demonstrando tempo passado na prisão, crimes praticados.
  • Três sepulturas significam que o proprietário desta marca tem o corpo fechado e guarda segredos como um túmulo.
  • Thomas Jeppe 9
    • Punição sofrida na prisão. Os crimes de estupro são punidos com tatuagens feitas à força. Pintas no rosto, tatuadas num processo forçado e doloroso.
    • Desta forma, por onde estiver, o tatuado é reconhecido, passando a ser tratado pelos outros como homossexual passivo.
    • Russian Criminal Tattoos 4

    • Um pênis desenhado nas costas é outra punição aos estupradores. Isso facilita sua identificação por todos no presídio. Ter uma tatuagem dessas significa longos e terríveis anos de servidão sexual na cadeia.
    • Tatuagens de prisoneiros russos possuem simbologia complexa, que representariam especialmente sinais de orgulho. A Rússia possui a maior população encarcerada do mundo.
    • Codificação:
      • Raios duplos, ou número 88: Ideologia nazista."H" é a oitava letra do alfabeto. 88 codifica "Heil Hitler."
      • Estrela de cinco pontas: Homicida.

      • Cruz com velas e tridente ao meio: Integrante do CNC, Comando Nazista da Criminalidade, facção contrária ao PCC.
      • Serpente: Traidores e delatores.
      • Santa: Latrocínio ou, ainda, arrependimento pelo crime praticado.
      • Pistola na perna, Jesus Cristo no peito: Latrocínio.
        • Cruz nas costas: Vingança.
        • Caveira trespassada por um punhal: Assassinos de policiais, normalmente disfarçada entre outros signos.
        • Borboleta: Busca pela liberdade, planos de fuga, ou homossexualidade.
        • Cadeado, molho de chaves: Perseguido constantemente no interior da penitenciária, uma forma usada para pedir apoio.
        • Cruz com duas velas acesas na base, nas costas, em tamanho grande: Alta periculosidade.
        • Diabo: Matador, prazer de conviver com a morte.
        • Carpa: Chefes do crime.
        • Escorpião: Integrante do PCC.
        • Morte: Morte de policiais, latrocínio, homicídio.
        • Mago: Especialistas em sequestro e em resgate de presos.
        • Gnomos e duendes: Dependentes químicos.
          • Nossa Senhora Aparecida no peito ou nas costas em tamanho maior: Estuprador.
          • Bolas de bilhar: Há casos em que contêm números que possam identificá-los dentro das facções (conhecido como matrícula).
          • Palhaços: Quando aparecem com um dos olhos na mão, olheiro ou gerente da boca; podem aparecer lágrimas de sangue em preto ou vermelho, lágrimas em preto significam parceiros mortos pela polícia e lágrimas em vermelho, parceiro morto por facção rival.
          • Barco ou caravela, ao lado do coração: Anseio por liberdade.
          • Grades: Privação da liberdade, por vários anos.
          • Cruz com o crânio humano, no meio das costas: Lealdade aos colegas de cela.
          • 13: "M" é a 13ª letra do alfabeto, maconha, ou nos EUA também referencia a uma gangue de rua denominada MS13.
          • Observa-se que nas próprias mãos são usados símbolos que se comunicam indicando não só o tipo de crime, mas também datas que não desejam esquecer como, por exemplo, a data em que morreram os companheiros de cela. Uma teia de aranha informa que seus cúmplices foram mortos; uma cruz com duas velas acesas, é um aviso aos colegas do cárcere, que o dono desta marca é um indivíduo de alta periculosidade; já um minúsculo número 12 na mão esquerda, ou ainda, uma folha de maconha estilizada, no dorso da mesma mão, refere-se estar ligado ao tráfico de drogas; uma sereia na perna direita, é o estigma dos condenados por crimes contra os costumes.

            Como se fossem insígnias de militares, quanto maior o número de pontos, mais alta a “patente” do criminoso, sendo assim: um ponto, normalmente, na mão direita, indica ser o indivíduo um batedor de carteira; dois pontos na mão indicam ser um estuprador; três pontos, em forma de triângulo, significam estar envolvido com o crime de tóxicos; quatro pontos formando um quadrado, informam que
                    • o indivíduo pratica o crime de furto; já cinco pontos identificam um praticante do crime de roubo com violência; um ponto em cada extremidade de uma estrela significa que o possuidor desta tatuagem pratica crimes de homicídio, e ainda, vários pontos formando um “x”, indicam que o possuidor é chefe de quadrilha ou líder de determinada facção criminosa.
                    • Gang Tattoo Removal Program:
                      Os Estados Unidos possuem um programa, desde 1991, intituladoGang Tattoo Removal Program que auxilia os presidiários a removerem suas tatuagens de gangues, em troca de bom comportamento e redenção. Além disso, representa uma chance de removerem seu passado das suas peles, um renascimento. Uma tatuagem removida pode auxiliar em uma busca por emprego, por outro lado, se alguém tiver a tatuagem de uma gangue removida, pode ser tratado como traidor do grupo e ser punido, caso retorne à prisão.
                      Gang Member Makeovers
                      XOXOXO ;*

4 comentários:

  1. Adorei a materia, nao da para se falar em tatuagens sem lembrar deste estilo de tatuagem.

    um abraco...

    ResponderExcluir
  2. Deve ser por isso que o preconceito ainda é tão grande D=

    Voltei, parabéns!!!

    ResponderExcluir
  3. adorei a postagem , e na forma na qual voce relatou!
    Bom meu namorado encontra-se preso e ele me conta história de varios detentos que transmitem o sofrimento através das tatuagens e eu acho bem legal essa forma de expressão ;)
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concertezaa, cada um ver sua forma de se expresar .

      Excluir

Olá minhas cerejinhas fashion!
Deixem um coments! ♥
E o link do blog pra eu visitar! (: